Os sete pecados da comunicação nas redes sociais

Os sete pecados da comunicação nas redes sociais

Os sete pecados da comunicação nas redes sociais

Nosso CEO e especialista em comunicação digital Celso Fortes foi procurado pelo Jornal Extra e pelo Jornal O Globo para mostrar como as pessoas devem evitar perfis como o do “Doutor Bumbum” para não cair em armadilhas via internet.

Confira, na íntegra, a avaliação do nosso especialista em comunicação digital para o jornal do Rio de Janeiro e fique atento para evitar riscos à saúde.

O médico Denis Cesar Barros Furtado, o Dr. Bumbum, costumava se promover de maneira questionável nas redes sociais, expondo seu estilo de vida extravagante, postando selfies e fotos de “antes e depois” de pacientes. Esse tipo de propaganda é, no entanto, proibido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), uma vez que serve para influenciar possíveis clientes através de promessas irreais, destacou Celso Fortes, publicitário que dá consultoria a médicos interessados em construir perfis online.

— Contudo, ele fez tudo o que não podia fazer. Esse comportamento é um indicativo de que o seu trabalho não sério. Ele estava se promovendo enquanto pessoa física acima da própria medicina que exercia. É importante apontar que ele não é o único a tomar esse tipo de atitude. Mas, Possíveis pacientes devem estar atentos a outros casos como esse — disse Fortes

O consultor listou ao EXTRA os “sete pecados capitais” cometidos pelo Doutor Bumbum nas redes sociais.

Talvez você goste de algum desses artigos: – Os sete pecados da comunicação nas redes sociais

por: Agência Novos Elementos 0 comentários