Famosos dão “aula de marketing” na internet

*Por Celso Fortes

Eles tem milhões de seguidores, forte engajamento público e capacidade de ditar comportamentos. Acompanhar o perfil de celebridades no Instagram, Facebook ou Snapchat pode parecer algo sem sentido para muitos empresários, mas é possível enxergar boas lições de marketing nesses nichos.

E não sou apenas eu quem diz isso. Um artigo recentemente publicado no blog da ferramenta digital Hootsuite mostra que fatores como bom humor, agilidade, espontaneidade, relacionamentos pessoais e boas fotos são os principais fatores para o sucesso das celebridades nas redes sociais.

O conteúdo considera que a maioria das empresas ficam atrás das celebridades nestas mídias por não conseguirem reproduzir o mesmo efeito que os famosos conseguem.

E isso faz muito sentido. Todo o sucesso na internet pode ser medido pela capacidade de compreender o que o público quer consumir. Ter a sensibilidade de como agradar os fãs é o grande desafio.

Basta olharmos para o mercado brasileiro. Alguns artistas não estavam tão bem, conseguindo poucos papéis ou contratos publicitários, mas voltaram a ter fama por conta de novas ações na web.

Seja por fazerem paródia de si mesmos ou mostrar mais detalhes da vida, eles conseguiram reconquistar o carinho do público. É justamente nesse ponto que as empresas ainda patinam para por em prática.

A mentalidade corporativa de falar somente sobre aquilo que é interessante para a companhia e não naquilo que é do interesse do consumidor. As marcas acabam por investir tempo e dinheiro em ações sem originalidade e permanecem desconectadas de quem realmente consome o seu produto ou serviço.

Enquanto isso as estrelas saltam, mais uma vez, na frente na do mercado empresarial. Recentemente as modelos Nicole Bahls, Adriana Sant’Anna e Fernanda D’ávila criaram aplicativos próprios para se aproximar dos seguidores e dominar o mercado mobile.

As vantagens são inúmeras. Com um aplicativo para chamar de seu, a empresa ou o artista podem oferecer outros serviços e conteúdos exclusivamente voltados para a internet, criando mais um nível de trabalho e atuação para a empresa ou pessoa.

É como ter duas empresas, uma online e outra offline e a partir disso oferecesse preços e ofertas diferenciadas. E o melhor disso tudo é que você sai ganhando do mesmo jeito. Ainda temos muito a aprender.
*Celso Fortes é empreendedor digital e CEO da agência Novos Elementos

por: Agência Novos Elementos 0 comentários